sexta-feira, 31 de maio de 2013

Blogueira protestante aproveita o dia de Corpus Christi, um dia santo de guarda, para alfinetar a Igreja Católica e os próprios católicos. Ou: Nós 'evangélicos' não sabemos respeitar a cultura religiosa dos outros.


Leniéverson Azeredo Gomes



É, eu imaginava ter lido tudo nessa indústria vital da literatura internética. Acabei de ler um blog enviado por uma irmã, pelo Facebook, onde uma mulher que se diz "Bacharel em Teologia" defende em um, vou denominar, para ser bonzinho,  um artigo, contendo horrores, ou melhor, bobagens e equívocos sobre o dia de Corpus Christi. O blog da  'teóloga' tem muita notícia sobre violência, mas.....isso não vem acaso, até mesmo porque, é uma incoerência um blog apologético, o que se arvora ser, ter esse tipo de informação em excesso. Voltando ao cerne da questão, irei transcrever em vermelho, o trecho onde contém, o ponto alto da bobagem ofensiva escrita por uma 'teouloga' made in praia de Gargaú (São Francisco do Itabapoana/RJ). Acompanhem e tirem, vocês mesmos, suas conclusões: 
"Os católicos procuram justificar a festa de Corpus Christi com a Bíblia citando textos dela que supostamente dão base para o dogma da Eucaristia. os textos mais citados por eles são: Mateus 26.26-29; Lucas 22-14-20 e João 6.53-56. Essa doutrina é encontrada ao bom senso e ao testemunho dos sentidos.: o bom senso não pode admitir que o pão e o vinho oferecidos pelo Senhor aos seus discípulos na Ceia fossem a sua própria carne e o seu próprio sangue, ao mesmo tempo em que permanecia em pé diante deles vivo, em carne e osso. É manifesto que Jesus, segundo seu costume, empregou uma linguagem simbólica onde disse: "Este pão representa o meu corpo que por vós é dado, e este vinho  representa o meu sangue, que por vós será derramado para perdoar os vossos pecados".Não há ninguém, de mediano bom senso, que compreenda no sentido literal estas expressões simbólicas do Salvador. A razão humana não pode admitir um pensamento de que o corpo de Jesus, tal qual se encontra no céu (Lucas 24.39-43; Filipenses 3.20-21), esteja nos elementos da Ceia.
Biblicamente a Ceia é uma ORDENANÇA e não uma Eucaristia; era empregado o pão e não a hóstia; é um memorial, como está em I Coríntios 11.25-26 que simboliza a morte e ressurreição de Jesus Cristo. quando Jesus fez na última Ceia a comparação do "pão e do vinho", não deu qualquer motivo para se crer na transubstanciação. Portanto, a Eucaristia também é uma grande idolatria a qual o Senhor abomina. Não se engane! busque compreender melhor a Palavra de Deus, peça ao Espírito Santo que ilumine sua mente para que possa entender as revelações de Deus  e não se engane com os falsos ensinamentos, descubra por si próprio a vontade de Deus para sua vida".

Vou transcrever um trecho em roxo, sobre esta data que escrevi ontem, que cai como uma luva e vou concluir em azul.

 "(...)Hoje, dia em que celebramos a solenidade do corpo de cristo (Corpus Christi), um verbo de ligação tem um sentido teológico magistral. Em 1º Coríntios 11, 24, há o verbo "ser" foi conjugado no presente do indicativo, duas vezes, veja: "Tomai, comei; isto É o meu corpo que É partido por vós; fazei isto em memória de mim".
A ideia se assemelha a ideia defendida pelo livro do Exodo 3,14, quando o Deus Pai, diz a Moisés "Eu sou aquele que sou" ou "Eu sou aquele que é" ou "Eu sou aquele que sempre será".
Nota-se que o verbo ser, não há nenhum sentido de representação. Por isso, a solenidade de Corpus Christi, não pode e não deve ser interpretada como uma celebração onde trazemos a memória um Pão que representa o Corpo de Cristo, mas sim, uma celebração, onde dizemos sem medo de ser feliz e com a certeza absoluta, que o Pão, descrito em primeira coríntios, É o Corpo de Cristo.
A liturgia de hoje, em hipótese alguma, trabalha algo que simboliza uma coisa, trabalha com algo que é alguma coisa. Não cabe aqui, com exatidão, uma relação semiológica entre o Pão e o Corpo, pois uma coisa não significa a outra, ela é algo (...)".

O livre exame da bíblia, doutrinas embusteiras e determinadas traduções bíblicas são muito ruins, pois direcionam as pessoas a erros crônicos e incentivam certas intolerâncias. Parecem, os 'crentes', querer fazer, um teste lógico. Temas como intercessão dos santos, devoção mariana, purgatório, batismo de crianças, Primazia de  Pedro, dentre outras coisas, para eles tem de passar pelo teste da bíblia. Provem que isso está na Bíblia? Isso está ou não na bíblia? 
É quase uma pressão ideológica para deixar as pessoas confusas.  A tradução católica, que veio primeiro, em relação a protestante, estabelece, desde a transubstanciação, quanto o momento da instituição da eucaristia. Creio que, o principal problema e, as palavras da 'teóloga', comprova isso, é que nas igrejas protestantes  existe a Santa Ceia e não a Eucaristia.
 É servido um pedaço de pão qualquer e suco de uva, como se fosse pão e vinho. É o que se chama de simbolismo, baseado exatamente na substituição do verbo de ligação "ser" por "representa", que é um verbo regular (se eu não me engano é regular, alô professores de português!!!), gerado por manipulação óbvia da bíblia. Eu já falei algo sobre isso aqui. Cursos de teologia protestante, só ajuda a acentuar os equívocos teológicos, apologéticos e hermenêuticos, e, igualmente estimula subliminarmente ao desrespeito a cultura religiosa dos outros. É lamentável, isso.
Concluindo, é muito curioso, quando escutamos dos irmãos protestantes, que contestar o posicionamento deles sobre a questão do Corpus Christi e outros temas 'polêmicos', um desrespeito. É verdade, que devemos "amar o próximo com a ti mesmo" (Mc 12,31) e respeitar, mas não dá para negociar respeito, amor e tolerância, quando se usa a bíblia para dizer que a Igreja Católica é a Babilônia do Apocalipse, que não é uma igreja cristã, que é uma seita, dentre outras coisas. E mais: eventos como a Solenidade do Corpo de Cristo (Corpus Christi) existe muito antes da reforma protestante, não foi inventado, é bíblico. Portanto, seria bom que esses 'teólogos', muitas vezes, formados em cursos de teologia de origem e qualidade duvidosos, aprendessem a pregar sem atacar, ofender e incitar o ódio a piedade popular dos outros. Mas.....para eles, isso é impossível. Intolerância, a gente vê por aqui.

8 comentários:

Augusto César Ribeiro Vieira disse...

"ANUNCIANDO, PUBLICANDO E INFORMANDO AO MUNDO COM CORAGEM QUE É O IMPULSO PARA DOMINAR QUALQUER DIFICULDADE OU OBSTÁCULO SEM DESANIMAR E NUNCA SUBSTIMAR A FORÇA CRIADORA DE UMA IDÉIA ATIVA, APENAS CONTEMPLAR O RESULTADO DE UM MUNDO TRANSFORMADO". Alguém sabe decifrar mensagem criptografada?

Blog Católico do Leniéverson disse...

Olá, Augusto, tudo bem? Muito intrigante a pergunta, será que alguém responderá? A conferir. Obrigado pela participação. :)

António Fonseca disse...

Amigo Leniéverson. Só tenho um comentário a fazer a esta senhora blogueira que se arvora numa espécie de Salomão, lavrando "sentenças" contra os Dogmas da Santa Igreja Católica. O meu comentário é apenas este: SE A ESTUPIDEZ PAGASSE IMPOSTO, ESTA SENHORA ESTAVA COMPLETAMENTE CARIMBADA.
As minhas Saudações Católicas.

Blog Católico do Leniéverson disse...

Olá, Antônio Fonseca, Salve Maria, santo dia, é verdade, concordo quando você diz que "esta senhora (sic) blogueira que se arvora numa espécie de Salomão, lavrando "sentenças" contra os Dogmas da Santa Igreja Católica".No entanto, é preciso ser justo, ela não é a única a vociferar essas bobagens, há muitos outros blogues 'crentes' por ai, que fazem a mesma coisa. Mas, obrigado pela participação. Volte sempre, minhas saudações católicas e fique com Deus!

Paulo Ricardo Costa (roquegambit) disse...

Repare o seguinte, as últimas palavras do post desse "senhora" se é que é um ser humano e não uma cria de satanás:"não se engane com os falsos ensinamentos, descubra por si próprio a vontade de Deus para sua vida".
Esse "pessoa" é intelectualmente tosca. Obviamente ela não é capaz de percebe as bobagens tautológicas que digita. Como essa: a diaba esta mostrando para nós, visto ser ela pessoa de alta iluminação, como funciona a vontade de Deus. Logo em seguida ela ensina, mais uma vez, que devemos descobrir a vontade divina por conta própria. Decida "moça". A cretinice relativista que destruiu em grande parte a filosofia ocidental começou com o maldito anão de Liepzieg - Kant - adivinha o que Kant era? Dez pontos para quem disse: um babaca protestante.

Blog Católico do Leniéverson disse...

Pois é, Paulo Ricardo, teologia não é um achismo ou, poderia dizer, um lugar ideológico, onde cada um pode dizer o que quer, baseado em coisas claramente equivocadas.E pior, que a tese dela tem público, tem seguidores que sequer faz juízo de valor. Como já dizia, Romário, certas pessoas caladas, se transformam em grandes poetas. Obrigado pela colaboração, fica com Deus e um forte abraço para você e sua família.

Stefan disse...

PROTESTANTISMO: UMA DAS FACES DA "DITADURA DO RELATIVISMO".
Os pastores protestantes, a maioria super ignorantes, comportam-se como soberbos, desconhecedores em historicidade ou preferem-no por conveniência - talvez a maioria não quer perder o emprego, os clientes - subjugam católicos ignorantes na fé, nada conhecedores de exegética e muito menos de apologética cristã em questionamentos conhecidos, que se aproveitam de incautos: como a hipotética questão de adoração de imagens e prestação de culto deusificante à Virgem Mãe etc. e outras invencionices sem nexo.
A questão de se ajoelhar aos pés de imagens, por ex., ao citar-lhes o episódio de Moisés lançar-se aos pés de seu sogro, Ex 18,7 e o pai e irmãos de José do Egito, Gn 43,26 e 44, 14 etc., como saudação e semelhantes fazem-nos furiosos e logo se vão. Aliás, se cada paróquia possuísse algo nesse sentido para instruir melhor os católicos, alguns não bandeariam para as seitas.
Todas as seitas são relativistas, reinos divididos contra si mesmos, subsistem às dezenas de milhares divididamente entre si e mesmo dentro de uma seita há várias, por existir a livre interpretação, cada um entende e ensina como quer ou convém; até as instruções bíblicas do pastor são submetidas a critérios pessoais de aceitação ou não.
Os pastores se contradizem uns aos outros, muitos acusam os colegas de pertencerem à maçonaria, em especial os da cúpula, tendo sentido por não haver perseguição dela aos protestantes; aliás, convivem muito bem.
Aliás, há algumas seitas que as fachadas externas parecem-se com lojas maçônicas, o triângulo bem em cima, como a Universal...
Em Ross, EUA, sobre o túmulo do 2º grande mestre e líder das "Testemunhas de Jeová", heresia de heresias, por provirem dos batistas, desuniram-se dos adventistas e montaram nova facção, ao pastor Charles Taze Russell encontra-se um dedicação de seus amigos maçons: uma pirâmide com todos os adereços maçônicos a que tem direito... E já marcarm oficialmente por 5 vezes o fim do mundo e seus seguidores são de fato testemunhas é do fundador inicial William Miller, Charles Russelll e seguintes, isso sim.
Há igrejas que admitem até aborto, umas homosexualismo, outras bispas... Muitas negociam e votam em candidatos e partidos socialistas, como a Universal, da base de apoio aos comunistas do PT; que pessoal fiel à biblia, né....
Não há Bíblia sem a Igreja católica; primeiro existiu a Igreja, depois a Bíblia: mas já existiu Igreja sem Bíblia, evangelizando somente à base da Tradição até por mais de 1600 anos, em viagens missionárias - pois até além dessa data não a havia disponível de forma portante, por não existirem imprensa e comunicações; e o absurdo é de os protestantes afirmarem explicitamente que só aceitam o que contiver na biblia...
Confira no YouTube as querelas entre famosos pastores sob diversos ângulos, inclusive de acusações de incidência em heresias(!) e pertença à maçonaria e famoso pastor Valdemiro Santiago afirmando que cruz é "palhaçada, sinônimo de maldição"...
Tem me parecido, em geral, duas coisas básicas: pertencer a uma dessa seitas é atestado público de ignorância religiosa e ou cabeça-dura anexo ou interesses pessoais; alguns já demonstraram tratar-se mera conveniência, por outros motivos, como me disse um pastor: é aqui que tiro sustento de minha família...
Trabalhei numa empresa protestante em que "oravam" juntos antes do almoço e após no local de recreação acusavam-se mutuamente de hereges...
Seitas protestantes: um balaio de gato religioso onde cada um é o próprio deus da bíblia, de si e cada um fala por si mesmo!

Blog Católico do Leniéverson disse...

Pois é, Stefan, mas vá tentar convencê-los disso, é complicado. Obrigado pela colaboração e fique com Deus!