domingo, 30 de setembro de 2012

Entrevista com o Padre Hélio Marcos




          Leniéverson Azeredo Gomes

        Com 26 anos de sacerdócio, Padre Hélio Marcos da Silva Rosa ou simplesmente Padre Hélio, da Administração Apostólica São João Maria Vianney, é um exemplo de sacerdócio e tem um conhecimento teológico surpreendente. Nascido em Itaperuna, o padre responde há 3 anos como pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em Ururaí, em Campos dos Goytacazes. Ele, por mais um ano, presidiu uma das santas missas durante o novenário e festa em louvor a São Vicente de Paulo. Após a mesma, ele concedeu uma breve entrevista para a nossa Pascom.

Padre Hélio (á esquerda) com o Padre Giovanni da 
Quase-Paróquia São Vicente em Campos dos Goytacazes

Pascom – Todo Padre vem de um seio família. Nós queremos saber de qual cidade sua família de sangue é originária e se eram católicos.
Padre Hélio Marcos -  Eu nasci na cidade de Itaperuna, no noroeste fluminense, e minha família é católica, meus pais são católicos, meus irmãos também, graças a Deus, eu entrei para o seminário e me ordenei sacerdote em 1986. Eu tenho 26 anos ‘de padre’ e, nesses 26 anos, 23, trabalho na paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Ururaí.
Pascom – Mais uma vez o senhor está presente, celebrando missa na nossa Quase-Paróquia de São Vicente, qual é  a importância da Vida e Santidade desse santo tão querido em sua vida sacerdotal?
Padre Hélio Marcos – São Vicente foi um grande restaurador do clero no tempo dele. Ele tinha, dentre outras coisas, a missão de formar bem os sacerdotes que estavam em situação difícil. Isso é um grande testemunho de vida para nós. Ele tinha sempre uma palavra de muita sabedoria e de muita santidade. A vida dele, os escritos dele, sobretudo, na realidade foi um grande exemplo para nós.
Pascom – Que mensagem o senhor gostaria de dar para cada pessoa que estiver lendo essa entrevista?
Padre Hélio Marcos -  Eu quero deixar a mensagem de Nosso Senhor Jesus Cristo: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”. Que sejam uma paróquia bem unida, vivendo em torno da caridade e do amor e vivendo esta caridade com o próximo e com os mais desfavorecidos e Jesus disse, né? “Aquilo que fizer ao menor dos meus irmãos é a Mim que está fazendo”.

sábado, 29 de setembro de 2012

Morre Dom Antonio Mucciolo, arcebispo emérito de Botucatu


 Faleceu em São Paulo, no final da manhã deste sábado, 29 de setembro, o arcebispo emérito de Botucatu (SP), Dom Antonio Maria Mucciolo, aos 89 anos.

Portal Um



O velório será em Botucatu, na Catedral de Sant’ Ana, a partir deste domingo, depois da chegada do corpo vindo de São Paulo. O sepultamento está previsto para a segunda-feira, dia 1º de outubro, às 9h, na Cripta da própria Catedral.
Dom Mucciolo não estava bem de saúde desde o último dia 28  de agosto, quando foi internado em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês, para a troca do aparelho marco-passo. Ontem, ele havia sido internado novamente no mesmo hospital.
Um dos fundadores e presidente da Rede Vida de Televisão desde a fundação, Dom Mucciolo nasceu em uma pequena cidade da Itália com o nome de Castel San Lorenzo em 1º de maio de 1923. Veio para o Brasil na companhia de seus pais com apenas um ano de idade se fixando na cidade de São Paulo e, posteriormente, em Sorocaba.
Vocacionado, matriculou-se no Seminário São José, de Botucatu, em 2 de fevereiro de 1937, sendo ordenando padre em 4 de novembro de 1949, aos 26 anos, por Dom José Carlos de Aguirre na Capela do Seminário São Carlos Borromeu.
A vida simples e a simplicidade dos ensinamentos de Jesus Cristo foram o fundamento do seu ministério, único parâmetro e exemplo a seguir. Com a tarefa de continuar a missão de Jesus Cristo, o único e eterno sacerdote, sua vocação foi um dom à Igreja no Brasil.
Homem da Palavra de Deus, da Eucaristia, do perdão e da bênção, ele foi um exemplo de humildade, penitência e tolerância, o pregador e conversor da fé cristã. Dom Antonio foi um comunicador e entusiasta da Igreja, que lutou por uma vivência cristã mais perfeita.
Foi nomeado bispo de Barretos em 26 de maio de 1977, sendo sagrado em 15 de agosto de 1977 na Catedral de Sorocaba pelo núncio apostólico Dom Carmine Rocco, adotando o lema “Sentire cum Ecclesia” (Sentir com a Igreja). Tomou posse em Barretos em 3 de setembro de 1977, onde permaneceu por 12 anos.
Em Barretos, sentiu em seu coração o desejo de um lugar reservado para oração, a construção de um seminário para formar os novos sacerdotes, e de uma casa de encontros e um centro de espiritualidade.
Com a ajuda de fieis dispostos em proclamar a boa nova nasceu a “Cidade de Maria”, cuja trajetória foi contada em livro, lançado em 2009, com o título: “Cidade de Maria – Experiência única no Brasil”. Dom Mucciolo também lançou em 2011 um livro autobiográfico, intitulado “Lembranças da Minha Vida”.
Enquanto ainda bispo de Barretos, juntamente com o jornalista João Monteiro de Barros Filho, fundou em 1º de maio de 1995 a primeira TV Católica do Brasil, a RedeVida de Televisão, com sede em São José do Rio Preto, hoje assistida por milhões de fiéis em todo território nacional.
Em 28 de junho de 1989 foi nomeado o 6° bispo e 3° arcebispo de Botucatu, no Estado de São Paulo. Tomou posse em 9 de setembro do mesmo ano, no lugar de Dom Vicente Marchetti Zioni.
Como comandante máximo da Arquidiocese de Botucatu, Dom Mucciolo, entre outras coisas, criou várias paróquias, ordenou dezenas de sacerdotes e construiu uma grande casa para os sacerdotes idosos denominada "Casa Cura d'Ars”. Também empenhou-se para desmembrar a Arquidiocese de Botucatu e criar a nova Diocese de Ourinhos em 30 de dezembro de 1998.
Em razão da idade, renunciou em 7 de junho de 2000, assumindo em seu lugar, Dom Aloysio Leal Penna, nomeado em 19 de novembro de 2008. Dom Aloysio, já falecido, deixou o governo da arquidiocese no dia 15 de fevereiro de 2009 quando assumiu o atual, Dom Maurício Grotto de Camargo.

______________
Nota do Blog: A Rede Vida foi a primeira rede católica de Televisão no Brasil. Dom Antônio Maria era um religioso que gostava do que fazia, percebíamos isso em cada entrevista que ele concedia. Ele era devotado a Rede Vida. É verdade que, nos últimos anos, Dom Antônio Maria, aparentemente, não estava conduzindo a emissora a contento. Muita gente começou a reclamar que a rede vida passou a transmitir leilões, deixar que padres que largaram o ministério para se envolver com mulheres apresentassem programas e colocar anúncios de produtos de procedência e conteúdos duvidosos, mas, com sua morte isso perde um pouco a importância.Que Deus o tenha em bom lugar.

Dia Nacional do Livro



       Monteiro Lobato dizia que, o mundo se faz com homens e livros, no Dia Nacional do Livro, este blogueiro faz uma homenagem àquele instrumento de propagação da cultura.



Entrevista com a cantora católica Suely Façanha


Leniéverson Azeredo Gomes



Consagrada há 21 anos, na Comunidade de Vida Shalom – com sede em Fortaleza e que tem 42 casas de missão no Brasil e, 22 em outros países do mundo -, Suely de Almeida Façanha, 43 anos, gosta de dizer que a Shalom é “uma comunidade que a fez e ainda faz se sentir mais seduzida pelo amor de Deus”. Casada, três filhos, ela é uma mulher que faz do seu ministério musical – que gerou 9 CD´s gravados e participação em trabalhos fonográficos de outros artistas católicos-, um complemento ao seu ministério familiar. Minutos antes do show que marcou o encerramento no Novenário e Festa em Louvor a São Vicente de Paulo, Suely Façanha, como é mais conhecida, abriu um espaço para uma agradável entrevista com o jornalista Leniéverson Azeredo Gomes, de nossa Pascom. Ela contou um pouco da sua infância, de como entrou na comunidade, como ela faz para conciliar a vida matrimonial com os shows pelo país afora, dentre outras coisas. Acompanhem.


Pascom  – Boa Noite, Suely Façanha, acompanhando a sua história de vida percebemos que, na sua infância e adolescência, você estudou em escolas católicas, seus pais são de origem católica?
Suely Façanha -Em primeiro lugar, boa noite, é uma alegria estar aqui em Campos dos Goytacazes e, a minha história começa numa família católica, numa família de fé. Desde criança, eu frequentava a Santa Missa. Mas assim, a minha experiência com Deus aconteceu quando eu fiz o Seminário de Vida no Espírito Santo, há alguns bons anos atrás. A partir desse momento, aquilo que eu escutava e acreditava se tornou uma realidade próxima do meu coração. Então, foi através do Seminário de Vida no Espirito Santo que minha vida de oração começou e minha vida de engajamento ganhou sentido no grupo de jovens e, o tempo foi passando e foi exatamente essa primeira experiência que desembocou numa vida consagrada. Eu sou consagrada há 21 anos, sou da Comunidade de Vida Shalom, sou missionária e, foi nessa primeira experiência com o amor de Deus que, eu me senti seduzida por esse amor e desejei entregar a minha vida ao Senhor.
Pascom – Há alguns anos, no Programa “Academia do Som” (Transmitido pela TV Canção Nova), a época apresentado pelo cantor, também cearense, Ricardo Sá, você contou uma experiência, na qual, antes de entrar para a comunidade, que havia deixado a faculdade para ser missionária. Explique para nós esse fato.
Suely Façanha – Bom, em primeiro lugar, cada pessoa tem uma estória diferente da outra, mas, no meu caso, eu cursava o 3º Ano de Administração de Empresas e eu senti que aquele ano era um ano decisivo em minha vida. A faculdade não era um peso para mim, muito pelo contrário, era algo que eu amava profundamente e tenho identidade com essa atividade, né? Mas, o Senhor me queria de um modo muito forte e eu disse: que, se eu não entrasse e se precisasse romper com a faculdade e eu faria como fiz e, que se não entrasse na comunidade, me sentiria como um peixe fora d´água. Então, era uma certeza muito grande que o Senhor plantava no meu coração para dar esse passo e deixar tudo para trás. Eram realidades que eu amava: o curso, a faculdade e a família. E, como eu disse não era um motivo de fuga dessas realidades, mas era uma opção livre e amorosa pelo Senhor.
Pascom- Como a sua família reagiu a essa decisão?
Suely Façanha – Inicialmente, não. Porque foi um susto, né? É algo que a família não conta, com a decisão de um filho para a vida consagrada, nem sempre a família tá preparada para isso. Mas assim, logo, meu pai me apoiou, depois de alguns dias assim, que ele recebeu a notícia do meu discernimento vocacional que já sabia que estava acontecendo, mas uma coisa é quando chegou o dia da partida. Então, logo, ele começou a me apoiar, mas a minha mãe passou bastante tempo pra acolher a ideia. Nos primeiros três anos, eu não contei com o apoio da minha mãe, mas como era algo que eu queria muito e tinha muita certeza dessa vontade de Deus, na minha vida, Ele me deu a graça de superar de superar estes desafios e estar presente até hoje, onde estou.
Pascom - Você já teve a oportunidade alguns CD´s, tem algum trabalho em que considera mais importante?
Suely Façanha – Eu acho que cada disco marca uma fase da vida da gente, marca uma estória. Eu gosto de todos, mas de um modo particular, do CD “Em Tuas Mãos”, onde a gente encontra [canções] como “Abraço Eterno”, “Sei Que Terei Mais”, “Deus me Guiará”, esse disco, em particular, eu percebo que é muito querido das pessoas, como, também o CD “Se Quiseres”, onde você acha a música “Com Tua Mão”. Agora, estou numa época de produção, a gente está fazendo um disco novo, que vai sair agora até o final do ano e se chamará “Viver pela Fé”, nós estamos aproveitando esta passagem pelo Rio para ter um contato com um arranjador, para dar prosseguimento aos trabalhos.
Pascom – A música católica tem a experiência de ter muitas mulheres que são casadas e que tem filhos, a questão é como você consegue conciliar casamento, os três filhos e vida missionária?
Suely Façanha – (Risos)É um ato de fé, é um “Viver pela Fé”, como o nome do meu novo disco diz, bastante intenso. Precisa haver muita comunhão com diversas instâncias, como o meu esposo [Élson Santos], a formadora da comunidade, o meu coordenador de trabalho, porque não mais para ser 100% em tudo. A gente dá o que tem para dar e, o melhor que tenho para dar, quando eu estou em casa, eu sou toda dali, quando eu estiver no trabalho, eu vou dar o máximo dali, quando eu tiver na minha vida comunitária, eu vou dar me dar inteiramente ali, mas eu não consigo mais frequentar a vida comunitária como antes, por exemplo, nós estamos numa Quinta-Feira, tá tudo acontecendo normalmente lá em Fortaleza, eu tô aqui em Campos [dos Goytacazes - RJ], amanhã é outro dia, não volto, continuo em missão, sigo no Sábado para o Halleluya, na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro. E a gente vai procurando se dá aonde (sic) está naquele momento e, entendendo que, digamos, o meu esposo graças a Deus entendeu que, se Deus me chamou a essa missão que é complementar a ele, porque ele fica com os meninos que são aos mais velhos (Rafael e Felipe) e a menorzinha (Isabella), eu deixo com a minha mãe. Então, eu tenho a ajuda de todos os lados, porque senão seria capaz de dar continuidade a esse projeto. É uma missão que não é só minha é de muita gente e que a gente vai procurando dar o melhor de si, em cada momento desse.
Pascom – Qual é a mensagem que você deixaria para os leitores dessa entrevista?
Suely Façanha - O que eu poderia de dizer para esta paróquia que está em festa hoje e ,nós estamos ouvindo os fogos (Risos) [e realmente estava sendo solto os fogos de encerramento da festa], é que o amor de Deus é uma realidade presente na vida da gente. Por mais que as coisas estejam difíceis e quando passamos por momentos difíceis, o amor de Deus é uma constante em nossa vida. É que, eu queria dizer para você, acredite nisso, porque às vezes para abraçar, às vezes a gente tende a não acreditar mais ou não perceber esse amor de Deus, em nossa vida. Deus é fiel, Ele está conosco e essa presença é constante e amorosa e é isso que dá força na caminhada.

Pascom Obrigado, Suely, pela entrevista.

O blogueiro apoia e você?


quarta-feira, 26 de setembro de 2012

São Cosme e Damião


            
Foto: Informação interessante, muita gente pensa que São Cosme e Damião é comemorado amanhã. Cabe uma explicação, se eu tiver errado, gostaria da colaboração de algum padre voluntário para me corrigir.
A Igreja Católica Apostólica Romana, desde tempos imemoriáveis até o Calendário Romano de 1962, que vigorou até 1969, celebrava a festa de santos Cosme e Damião no dia 27 de setembro. Porém, em 1969, com a reforma litúrgica, o Calendário Romano passou a comemorá-los no dia 26, pois, considerada a importância de São Vicente de Paulo, também celebrado dia 27, preferiram não pôr as duas Memórias na mesma data. São Vicente ficou com o dia 27, já que era a data sabida de sua morte; já Santos Cosme e Damião, como não se sabe a data de morte deles, tiveram sua Memória movida para o dia 26 de setembro. Ainda assim, católicos tradicionalistas (?), devotos mais antigos e as religiões afro-brasileiras que também os cultuam, como o Candomblé e a Umbanda, continuam a comemorá-los no dia 27. Apesar da mudança na Igreja Católica, ao menos no Brasil, por conta da tradição, populares continuam fazendo comemorações no dia 27 de setembro.

        Informação interessante, muita gente pensa que São Cosme e Damião é comemorado amanhã.A Igreja Católica Apostólica Romana, desde tempos imemoriáveis até o Calendário Romano de 1962, que vigorou até 1969, celebrava a festa de santos Cosme e Damião, os santos médicos gêmeos, no dia 27 de setembro. Porém, em 1969, com a reforma litúrgica, o Calendário Romano passou a comemorá-los no dia 26, pois, considerada a importância de São Vicente de Paulo, também celebrado dia 27, preferiram não pôr as duas Memórias na mesma data. São Vicente ficou com o dia 27, já que era a data sabida de sua morte; já Santos Cosme e Damião, como não se sabe a data de morte deles, tiveram sua Memória movida para o dia 26 de setembro. Ainda assim, católicos tradicionalistas (?), devotos mais antigos e as religiões afro-brasileiras que também os cultuam, como o Candomblé e a Umbanda, continuam a comemorá-los no dia 27. Apesar da mudança na Igreja Católica, ao menos no Brasil, por conta da tradição, populares continuam fazendo comemorações no dia 27 de setembro.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Após AVC, Padre Zezinho tem alta médica e deixa hospital


Do Portal G1 - Rede Vanguarda de Comunicação


Após sofrer um leve AVC e ficar internado por cinco dias, o escritor e cantor Padre Zezinho, de 71 anos, recebeu alta médica do Hospital Pio XII em São José dos Campos.
De acordo com a assessoria da unidade médica, o paciente apresentou boa evolução clínica, já mostrando sinais de recuperação e foi liberado no último domingo, 23 de setembro.
Ainda segundo o hospital, os exames realizados não mostraram alterações significativas e o estado de saúde é estável, com melhora progressiva.
Padre Zezinho foi vítima de um leve Acidente Vascular Cerebral (AVC) do tipo isquêmico na noite da última quarta-feira (19). O paciente foi então levado da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, local onde vive em Taubaté, para o hospital Pio XII, em São José dos Campos, para tratar da recuperação.
O religioso é autor de 1.500 canções religiosas, tendo gravado 120 discos e escrito pelo menos 55 livros.

Hoje é Dia Nacional do Trânsito

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Contra os comissários da ignorância



Luiz Felipe Pondé/Folha de São Paulo


O que é conservadorismo? Tratar o pensamento político conservador (“liberal-conservative”) como boçalidade da classe média é filosofia de gente que tem medo de debater ideias e gosta de séquitos babões, e não de alunos.
Proponho a leitura de “Conservative Reader” (uma antologia excelente de textos clássicos), organizada pelo filósofo Russel Kirk. Segundo Kirk, o termo começou a ser usado na França pós-revolucionária.
Edmund Burke, autor de “Reflexões sobre a Revolução na França” (ed. UnB, esgotado), no século 18, pai da tradição conservadora, nunca usou o termo. Tampouco outros três pensadores, também ancestrais da tradição, os escoceses David Hume e Adam Smith, ambos do século 18, e o francês Alexis de Tocqueville, do século 19.
Sobre este, vale elogiar o lançamento pela Record de sua biografia, “Alexis de Tocqueville: O Profeta da Democracia”, de Hugh Brogan.
Ainda que correta a relação com a Revolução Francesa, a tradição “liberal-conservative” não é apenas reativa. Adam Smith, autor do colossal “Riqueza das Nações”, fundou a ideia de “free market society”, central na posição “liberal-conservative”. Não existe liberdade individual e política sem liberdade de mercado na experiência histórica material.
A historiadora conservadora Gertrude Himmelfarb, no seu essencial “Os Caminhos para a Modernidade” (ed. É Realizações), dá outra descrição para a gênese da oposição “conservador x progressista” na modernidade.
Enquanto os britânicos se preocupavam em pensar uma “sociologia das virtudes” e os americanos, uma “política da liberdade”, inaugurando a moderna ciência política de fato, os franceses deliravam com uma razão descolada da realidade e que pretendia “refazer” o mundo como ela achava que devia ser e, com isso, fundaram a falsa ciência política, a da esquerda. Segundo Himmelfarb, uma “ideologia da razão”.
O pensamento conservador se caracteriza pela dúvida cética com relação às engenharias político-sociais herdeiras de Jean-Jacques Rousseau (a “ideologia da razão”).
Marx nada mais é do que o rebento mais famoso desta herança que costuma “amar a humanidade, mas detestar seu semelhante” (Burke).
O resultado prático desse “amor abstrato” é a maior engenharia de morte que o mundo conheceu: as revoluções marxistas que ainda são levadas a sério por nossos comissários da ignorância que discutem conservadorismo na cozinha de suas casas para sua própria torcida.
Outro traço desta tradição é criar “teorias de gabinete” (Burke), que se caracterizam pelo seguinte: nos termos de David Hume (“Investigações sobre o Entendimento Humano e sobre os Princípios da Moral”, ed. Unesp), o racionalismo político é idêntico ao fanatismo calvinista, e nesta posição a razão política delira se fingindo de redentora do mundo. Mundo este que na realidade abomina na sua forma concreta.
A dúvida conservadora é filha da mais pura tradição empirista britânica, ao passo que os comissários da ignorância são filhos dos delírios de Rousseau e de seus fanáticos.
No século 20, proponho a leitura de I. Berlin e M. Oakeshott. No primeiro, “Estudos sobre a Humanidade” (Companhia das Letras), a liberdade negativa, gerada a partir do movimento autônomo das pessoas, é a única verdadeira. A outra, a liberdade positiva (abstrata), decretada por tecnocratas do governo, só destrói a liberdade concreta.
Em Oakeshott, “Rationalism in Politics” (racionalismo na política), os conceitos de Hume de hábito e afeto voltam à tona como matrizes de política e moral, contra delírios violentos dos fanáticos da razão.

No 21, Thomas Sowell (contra os que dizem que conservadores americanos são sempre brancos babões), “Os Intelectuais e a Sociedade” (É Realizações), uma brilhante descrição do que são os comissários da ignorância operando na vida intelectual pública.
Conservador não é gente que quer que pobre se ferre, é gente que acha que pobre só para de se ferrar quando vive numa sociedade de mercado que gera emprego. Não existe partido “liberal-conservative” no Brasil, só esquerda fanática e corruptos de esquerda e de direita.
Comentário do Blog: Esse texto é uma paulada nos ideais progressistas defendidas pelos marxistas.

sábado, 22 de setembro de 2012

Projeto que criminaliza homofobia aguarda designação de novo relator


(Agência Senado)


O projeto de lei que criminaliza a homofobia (PLC 122/06), cujo relatório estava sendo elaborado pela senadora Marta Suplicy (PT-SP), aguarda desde o último dia 18 designação de um novo relator na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).
No dia 13 deste mês, Marta Suplicy assumiu o Ministério da Cultura em substituição à cantora e compositora Ana de Holanda. O primeiro suplente de Marta é o vereador paulista Antônio Carlos Rodrigues, do PR, ainda não empossado no cargo.
Em declarações feitas à imprensa em maio, Marta Suplicy afirmou que há entre os senadores uma “maioria silenciosa” favorável ao projeto, ou pelo menos neutra, que não se posiciona por receio de desagradar os eleitores. O senador Magno Malta (PR-ES) é um dos maiores opositores da proposta, assim como setores religiosos e conservadores da sociedade.
A designação do relator será feita pelo presidente da CDH, Paulo Paim (PT-RS).
Nota do Blog: Essa turma de comunistóides marxistas são insistentes, muito insistentes. A socidade não quer essa lei, a constituição já prevê que a segurança pública é um direito de todos. Com essa lei, padres, pastores ou qualquer pessoa que falar contra a conduta homossexual pode ser preso.Vamos lutar para que o cerceamento as liberdades de crença e de expressão, garantidos no artigo 5º da constituição possam ser preservados. Sim, sou conservador e não me chamem de homofóbico, apenas critico a conduta homoafetiva.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Em Ribeirão Preto/SP.....

O que o blogueiro recomenda....

Padre Zezinho sofre leve AVC e está internado no Pio XII em São José



Religioso apresentou falta de memória e dificuldade na fala.
De acordo com os médicos quadro apresenta melhora progressiva.

Do G1 Vale do Paraíba e Região


Dos portais G1 - Vanguarda e InterTV Natal


 (Foto: Reprodução/TV Vanguarda)
O escritor e cantor, José Fernandes de Oliveira, conhecido como Padre Zezinho, foi vítima de um leve Acidente Vascular Cerebral (AVC) do tipo isquêmico na noite desta quarta-feira (19). 
O religioso, que mora em Taubaté, foi trazido para o Hospital Pio XII, em São José dos Campos, onde permanece internado.
Segundo os médicos, o diabetes pode ter provocado a falta de circulação em uma área do cérebro afetando a memória e a fala do sacerdote. De acordo com o boletim médico divulgado na tarde desta quinta-feira (20) o paciente apresentou melhora progressiva e vai permanecer internado para fazer novos exames neurológicos.
Padre Zezinho é autor de 1.500 canções religiosas, tendo gravado 120 discos e escrito pelo menos 55 livros.
Shows cancelados: Arquidiocese de Natal informou na tarde desta quinta-feira (20) que o show do Padre Zezinho, a ser realizado no domingo (23) em Natal, foi cancelado. Segundo nota, o religioso foi acometido de uma estafa, fadiga resultante de excesso de trabalho, em alto grau. Por este motivo, permanece internado e por recomendação médica não poderá participar da apresentação no Rio Grande do Norte.
O evento era beneficente e a renda seria destinada às obras de construção do Mosteiro das Irmãs Carmelitas Descalças, em Emaús. As monjas chegaram à Arquidiocese de Natal há pouco mais de dois anos e, desde então, residem em local provisório, situado também no bairro de Emaús.
A Arquidiocese de Natal pede para os fiéis que compraram os ingressos, que doem o valor em prol das Carmelitas.  “Padre Zezinho não cobrou cachê para vir se apresentar, em Natal, uma vez que o dinheiro arrecadado com o show seria para as obras das Irmãs Carmelitas. Por isso, fazemos um apelo a quem  já adquiriu o ingresso, para que doe a quantia”, explicou o Monsenhor Lucas Batista.
Nota do Blog: Que Deus ajude o padre nos tratamento dele.Convido aos leitores para orar pela melhora do sacerdote.

Atualização do Blog 00:02

Se você gostou do blog me siga e seja um colaborador. Fiquem com Deus.

Encontro de Adolescentes na Paróquia Santo Antônio, em Campos dos Goytacazes/RJ

Em São José do Rio Pardo/SP......

Nota da Editora Paulinas-COMEP sobre o quadro de saúde do Padre Zezinho.

Nota de falecimento.

       

Foto:Canção Nova Notícias
      É com pesar, que este blog noticia a morte de Dona Maria Zila Romeiro Aquino (Zila Aquino), esposa do professor Felipe Aquino, que apresenta os programas "Escola da Fé" e "Pergunte e Responderemos", ambos na Tv Canção Nova. Não tenho maiores informações, só sei que ela sofria há anos de um tipo de cancer e morreu ontem, dia 19. O casal gerou 5 filhos, todos já casados.O enterro ocorrerá às 15h, desta quinta-feira, 20. O local ainda não foi informado pela família. De qualquer forma, que Deus a tenha em bom lugar e conforte a família.Vamos rezar pelos familiares.

__________________________

Atualização do Blog 00:23

Se você gostou do blog me siga e seja um colaborador.
Fiquem com Deus.

domingo, 16 de setembro de 2012

Cardeal Raymundo Damasceno afirma em entrevista que 'não cabe às igrejas assumir papel partidário'


 Fonte: Estadão

O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Raymundo Damasceno, afirmou na sexta-feira, 14,em entrevista ao Estado que "não se pode instrumentalizar a religião para angariar votos". O cardeal disse ainda que "no mundo democrático não cabe à igreja assumir papel político-partidário".
As declarações do presidente da CNBB e arcebispo de Aparecida ocorrem um dia após a divulgação de uma nota da Arquidiocese de São Paulo com ataques ao PRB, partido de Celso Russomanno, líder nas pesquisas.
D. Raymundo disse que a Igreja acompanha o processo eleitoral em todo o País, com orientações para o voto consciente e estímulos aos leigos que desejam participar como candidato. "A Igreja estimula, apoia, vê com bons olhos o leigo que se sente chamado para a política", afirmou. "Queremos que ele não tenha medo de assumir posições político-partidárias. Isso é fundamental, porque a sociedade justa vai ser resultado da ação de homens políticos, homens públicos. Eles é que devem trabalhar para uma sociedade mais solidária."

Bíblia: Uma bússola para a nossa vida.


Leniéverson Azeredo Gomes



Os marinheiros quando navegam em alto mar, usam a bússola, um instrumento náutico, para saber em que direção ir, a fim de ter o menor risco de se perderem. Assim como a bússola está para os marinheiros, a bíblia está para nós cristãos, pois, “é inspirada por Deus, útil para ensinar, para repreender, para corrigir e formar na justiça, de forma, que, por ela, o homem de Deus se trone perfeito para toda boa obra”.(I Tm 3, 16-17).
No mês de setembro, a Igreja Católica, destaca, homenageia e nos convida a refletir sobre a importância das Sagradas Escrituras ou, como se diz popularmente, a Palavra de Deus, em nossas vidas. Formada por 73 livros e dividida em Antigo e Novo Testamento, a bíblia não é apenas um conjunto de livros, é uma literatura que nos ajuda  fazer a diferença em um mundo violento, egoísta, cheio de autossuficiências; onde o “TER” é muitas vezes mais importante que o “SER”, dentre outras coisas.
São Bernardo de Claraval dizia que “O Cristianismo é a religião da Palavra de Deus, “não de uma palavra escrita e muda, mas do verbo encarnado e vivo””. Para isso, amados, a Bíblia tem de servir como o Pão da Palavra, nos alimentar todos os dias, dar sustento a nossa caminhada rumo ao céu.
Nos últimos cinco séculos, pelo menos, tem se levantado ideologias que tentam interpretar  a palavra para que se ajuste a evolução da humanidade. Oras, amados, Deus “é o mesmo, ontem hoje e sempre” (Hb 13,8) e “Céus e Terras podem passar, mas as palavras de Deus jamais passarão”(Lc 21,33). Afinal, se Cristo é sinal de contradição, a Palavra de Deus, também.
Ninguém tem o direito de interpretar a Palavra de Deus, de forma diferente do proposto pelo Magistério da Igreja. A Constituição Dogmática “Dei Verbum” (10,3)  assegura que as Sagradas Escrituras, o plano de Deus, a Sagrada Tradição e o Magistério da Igreja estão de tal modo entrelaçados e unidos que um não tem consistência sem os outros, e que juntos, cada qual a seu modo, sob a ação do Espirito Santo, contribuem eficazmente para a salvação de almas.
Dessa forma, somente ela, a Igreja Católica Apostólica Romana, através do Papa e aos bispos em comunhão com ele, tem a autenticidade  para formular interpretações ideais para nós. 
Por isso, devemos nos afastar da ideia de buscar falsos profetas que fazem a “livre interpretação” ou o “livre exame” da Palavra, que além de distorcê-la. São Paulo aos Gálatas afirma que só há UM evangelho autêntico e qualquer coisa contrária a isso, é promoção de “confusões que perturbam o Evangelho de Cristo” (Gl 1, 7).
Que o Nosso Senhor Jesus Cristo promova no coração de cada um dos leitores desse informativo, um maior interesse pela Palavra de Salvação, para que a mesma seja convertedora e transformadora da humanidade que carece da boa nova.
           


           


Dia Nacional da Juventude na Diocese de Campos dos Goytacazes/RJ

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Congresso da RCC da Diocese de Campos dos Goytacazes/RJ


CAMPANHA A FAVOR DE UMA POLÍTICA SEM PALHAÇADAS




Leniéverson Azeredo Gomes*


Foto: CAMPANHA A FAVOR DE UMA POLÍTICA SEM PALHAÇADAS.

Leniéverson Azeredo Gomes*

A Política, segundo a sumula teológica de São Thomás de Aquino, é a ciência voltada para o bem comum, onde quem detem um mandato ou cargo eletivo precisa se voltar para a coletividade. Platão, um dos filosofos gregos, desenvolveu um ensaio sobre a conciliação de interesses. Mas que interesses, o Político com P maiusculo.
 O político com p minusculo sempre se voltará a politicagem, ao populismo, onde dá emprego a X, sem concurso público, inflingindo o direito administrativo, para um parente (incorrendo na prática do nepotismo) ou dos apadrinhados. Essa situação, como consequência promove o voto de cabresto, onde o cidadão, muitas vezes "de quatro". "ajoelhado" ou se "rasteja" como cobra em direção ao prefeito ou vereador que lhe deu o emprego.
É como se fosse uma relação entre Deus e o seus servos.Isso nos faz lembrar a passagem onde o povo hebreu viveu anos cativo e escravo pelo faraó do Egito. Um povo que não quer ser liberto, preferem estar algemados pelo faraó a serem livres. De fato, o voto de cabresto era um prática que começou a ficar conhecida no nordeste, no ínicio do século XX, onde os coroneis, donos de latifundios, ordenavam aos jagunços, muitas vezes com violência, para que moradores das cidadezinhas votassem em políticos da primazia dos coroneis, quando não raro fossem os próprios coroneis os candidatos. Nos dias de hoje, no nordeste, essa política ainda persiste não só nordeste com as familias Colllor, Sarneys, Cunha Lima, e no norte, centro-oeste, sul e sudeste do Brasil.  
Mas ao inves de agir com violência, hoje os coronéis atuam com ideologias populistas, como Bolsa Família, Cheque Cidadão, projetos de R$ 1,00, etc. Daí, vem a expressão coronelismo, sistemaprivado de poder. Curiosamente, o Salmo 97, 9, fala de um mundo, onde o governante tem de "chefiar o mundo com justiça e os povos com equidade". 
Governar o mundo sem prestigiar a justiça, o bem-comum e a equidade, tem como consequências graves: falta de investimentos em educação, saúde, moradia popular, as ruas continuarão esburacadas e com esgoto a céu aberto, falta de saneamento básico, a proliferação de lideres populistas e corruptos, etc. 
O Vereador corrupto não fiscalizará o executivo, se este for do mesmo partido dele e o prefeito sempre receberá "sims" e fará uma verdadeira farra com o dinheiro público. Todo eleitor, precisa ter a consciência de que ao eleger estas pessoas, estará autorizando o mesmo a fazer você e a sua cidade de palhaços e não os tratará com seriedade. Independente se a sua cidade tem coronéis ou não, no dia 7 de outubro, deposite seu voto em alguém sério, com ficha limpa, que não trate você e a sua cidade como palhaços. Pensem nisso.

* Jornalista




A Política, segundo a súmula teológica de São Thomas de Aquino, é a ciência voltada para o bem comum, onde quem detém um mandato ou cargo eletivo precisa se voltar para a coletividade. Platão, um dos filósofos gregos, desenvolveu um ensaio sobre a conciliação de interesses. Mas que interesses: o Político com P maiúsculo.
O político com p minúsculo sempre se voltará a politicagem, ao populismo, onde dá emprego a X, sem concurso público, infringindo o direito administrativo, para um parente (incorrendo na prática do nepotismo) ou dos apadrinhados. Essa situação, como consequência promove o voto de cabresto, onde o cidadão, muitas vezes "de quatro". "ajoelhado" ou se "rasteja" como cobra em direção ao prefeito ou vereador que lhe deu o emprego.
É como se fosse uma relação entre Deus e o seus servos. Isso nos faz lembrar a passagem onde o povo hebreu viveu anos cativo e escravo pelo faraó do Egito. Um povo que não quer ser libertos e preferem estar algemados pelo faraó a serem livres. De fato, o voto de cabresto era uma prática que começou a ficar conhecida no nordeste, no início do século XX, onde os coronéis, donos de latifúndios, ordenavam aos jagunços, muitas vezes com violência, para que moradores das cidadezinhas votassem em políticos da primazia dos coronéis, quando não raro fossem os próprios coronéis os candidatos. Nos dias de hoje, no nordeste, essa política ainda persiste não só nordeste com as famílias Colllor, Sarneys, Cunha Lima, e no norte, centro-oeste, sul e sudeste do Brasil.
Mas ao invés de agir com violência, hoje, os coronéis atuam com ideologias populistas, como Bolsa Família, Cheque Cidadão, projetos de R$ 1,00, etc. Daí vem à expressão coronelismo, um sistema privado de poder. Curiosamente, o Salmo 97, 9, fala de um mundo, onde o governante tem de "chefiar o mundo com justiça e os povos com equidade".
Governar o mundo sem prestigiar a justiça, o bem-comum e a equidade, tem como consequências graves: falta de investimentos em educação, saúde, moradia popular, as ruas continuarão esburacadas e com esgoto a céu aberto, falta de saneamento básico, a proliferação de lideranças populistas e corruptas, etc.
O Vereador corrupto não fiscalizará o executivo, se este for do mesmo partido dele e o prefeito sempre receberá "sims" e fará uma verdadeira farra com o dinheiro público. Todo eleitor, precisa ter a consciência de que ao eleger estas pessoas, estará autorizando o mesmo a fazer você e a sua cidade de palhaços e não os tratará com seriedade. Independente se a sua cidade tem coronéis ou não, no dia 7 de outubro, deposite seu voto em alguém sério, com ficha limpa, que não trate você e a sua cidade como palhaços. Pensem nisso.

* Jornalista

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Uso de maconha pode desenvolver câncer nos testículos


Fonte: O Globo

Droga ativa células que produzem esperma, o que leva à doença. Cocaína diminui as chances, mas prejudica a fertilidade masculina




Um estudo da Universidade do Sul da Califórnia encontrou uma ligação entre o uso de maconha e desenvolvimento de câncer testicular. Os resultados sugerem que a droga dobra a probabilidade do surgimento da doença e confirma conclusões de pesquisas realizadas nos últimos anos.
Para o estudo, Victoria Cortessis, líder do trabalho, examinou o histórico de 163 usuários diagnosticados com o tipo de câncer e outros 292 homens saudáveis com a mesma idade e etnia.
O câncer nos testículos costuma ser diagnosticado em homens na faixa entre 15 e 45 anos. A malignidade é cada vez mais comum no mundo. Pesquisadores suspeitam que isso se deva ao aumento da exposição a causas ambientais ainda não conhecidas.
— Não sabemos o que na maconha pode levar ao problema, embora se especule que ela possa atuar através do sistema endocanabinóide, que responde à droga e é o responsável pela formação de esperma. De alguma maneira, isso leva à doença — diz Victoria.
Os pesquisadores também descobriram que os homens com histórico de uso de cocaína tiveram uma redução nos riscos dedesenvolvimento do câncer testicular. A droga pode matar as células produtoras de espermatozoide, uma vez que tem este efeito sobre outros animais.
— Se isso for correto, o preço é alto. Embora as células germinativas sejam destruídas, a fertilidade também é prejudicada — alega Victoria.

Nota do Blog: Eu pergunto mais uma vez: E os defensores da liberação e a descriminalização da Maconha, o que acham disso?

Menina cristã acusada de blasfêmia sai da prisão no Paquistão.



Do site "Notícias Cristãs"

AFP
















   








    Segurança paquistanês escolta Rimsha Masih até um helicóptero. Presa no dia 16 de agosto por supostamente queimar páginas do Corão, a menina cristã foi libertada depois que um tribunal aceitou o pedido de fiança.
A jovem cristã paquistanesa acusada de ter profanado o Alcorão saiu neste sábado da prisão em que estava detida havia três semanas, segundo um ministro e um fotógrafo da AFP. "Ela deixou a prisão e foi levada de helicóptero para um lugar seguro, onde ficará com a família", declarou à Paul Bhatti, ministro paquistanês para a Harmonia Nacional, responsável pelas relações entre a maioria muçulmanana e as demais minorias.
Um fotógrafo da AFP viu o helicóptero deixar a prisão de Rawalpindi. Os canais de televisão paquistaneses mostraram imagens da adolescente - com o rosto coberto por um véu - saindo em um veículo blindado do prédio da prisão até a pista do helicóptero. Um juiz paquistanês autorizou na sexta-feira a libertação sob fiança de Rimsha Masih. Ele estabeleceu uma fiança de um milhão de rúpias (US$ 10.400). Mesmo com a soltura, segundo um dos advogados de Rimsha, Raja Ikram, disse que a adolescente não pode deixar o país.
A jovem analfabeta e com deficiências mentais, de 14 anos de idade, segundo os médicos que a examinaram, está detida há três semanas depois de ter sido acusada por vizinhos do bairro popular onde mora, na periferia de Islamabad, de ter queimado papeis que continham versos do livro sagrado muçulmano do Alcorão, um crime suscetível de punição com prisão perpétua no Paquistão.
O caso deu uma reviravolta no fim de semana passado quando a polícia prendeu o imã da mesquita próxima à residência da jovem cristão e o acusou de ter entregue ele próprio as páginas do Alcorão trazidas por um vizinho com o objetivo de expulsar os cristãos do bairro.

domingo, 9 de setembro de 2012

Encontrei o PT! Achei o Tesouro Escondido!



Este texto que você lerá abaixo é, na verdade, um comentário do Stefan, participante fiel do blog, cujo titulo é este que está em cima. Quem sabe seu comentário vira um post? :)

Martha Suplicy, icone do Marxismo radical petista.

"Parece brincadeira, mas não é. O PT é igual ao tesouro citado pela bíblia para muitos católicos mal formados ou deformados, alienados ou cristãos fora da Igreja, citado em Mt 14, 44-46, ao ser encontrado, o felizardo vende tudo para se apossar do tesouro.
No PT é o mesmo: o cidadão abnega-se a si mesmo, abraça-o e se dispõe livremente a servir o PT de corpo e alma, sem restrições; já não mais raciocina por si, mas "é funcionado", como se fora um autômato às ordens dos "deuses todo poderosos" da cúpula do partido, senhores de sua vida, e que em todos os assuntos ou ações a serem empreendidas agirá doravante conforme as disposições do rígido estatuto repletos de dogmas de fé inquestionáveis, sem poder interpelar o porquê.
Lembra-se dos 2 deputados excluídos por discordarem de o PT insistir na aprovação do aborto e outros em situações diferentes se opondo à ideologia do partido, sumariamente postos fora do paraíso por se comportarem como hereges, discordando dos deuses do partido...
E mais: rezam os artigos 170-173 sobre as contribuições mensais compulsórias também de candidatos vencedores dos pleitos eleitorais, sem citar as denúncias de desvios irregulares de dinheiro para esse partido-religião, ou seja, quem os elege, colabora com o mantenimento da fé PeTista, possuidora de normas internas, dogmas de fé.
Assim, o católico que vota em seus candidatos colabora na manutenção das injustiças, é solidário com o aborto, pedofilia, uniões gays, eutanásia; renuncia a Jesus Cristo e sua Igreja, passando a servir ao deus Baal, ao materialismo, à Nova Ordem Mundial-Nova Era-neo-ateísmo em que se espelham em suas ações; aliás, estimam e muito Fidel Castro, Chávez, Kim Jong Um...
Tudo que propõem a favor dos outros, dos pobres, do sistema igualitário (a revista "Forbes" diz que Lula já tem fortuna de 2 bilhões...) é igual novela: tudo falso, como eles mesmos.
Só faltará uma próxima atitude para seus simpatizantes e eleitores, não podendo omitir: trocar a "Certidão de Batismo" de adesão a Jesus Cristo por certidão da nova religião: do "PeTismo".
Oportunamente o abraço de Satanás selará definitivamente a união para a eternidade afora..."

Festa de São Vicente em Campos dos Goytacazes/RJ