terça-feira, 6 de julho de 2010

Poemas Católicos - Cristo a luz das nações e da verdade.

Leniéverson Azeredo Gomes

Ando preocupado com o interior do coração dos homens.
Vi uma escuridão assustadora que me perturbou a alma.
Escutei gritos medonhos, vozes apavoradas pedindo socorro.
Mentes doentes, tristeza para todo lado.

Observei a solidão daquele povo.
Ao longe, falsos mágicos se aproximam para enganar aquele reino.
Após uma oração, os ventos da verdade expulsaram os magos da mentira.
De súbito abriu-se um clarão em meio às nuvens.

Mais uma vez, clamei ao Sagrado para que as luzes do céu os afastem das trevas.
O véu se rasgou, o coro dos anjos soprou os clarinetes.
Então mãos divinas ofereceram leite e mel para aquele povo.
Esfomeada e sedenta, a multidão se saciava intercalando gritos macabros.

Então o Senhor dos Exércitos disse aquele povo:
“Não tenhas medo, pois eu estarei com vocês até o fim dos tempos!
Aonde caminhares, iluminarei com o sol da liberdade.
Os protegerei com as armas da justiça.
Alimentar-vos-ei com o maná da esperança.
E, acima de tudo, serei a fortaleza protetora de todo o mal”.

5 comentários:

Aline disse...

O MUNDO É DOS PEQUENOS. ELES GERALMENTE ESTÃO SOZINHOS E NO MEIO DO DESESPEROE SOLIDÃO, APARECEM FALSOS MÁGICOS QUE SE APROVEITAM DE SUAS INOCÊNCIAS E SEUS MEDOS. MAS ALÉM DOS FALOS MÁGICOS EXISTEM NESTA TERRA ANJOS COM OU SEM ASAS QUE OS SOCORREM E OS SALVAM DAS TREVAS. DEVOLVEM A ESPERANÇA E MOSTRA QUE EM MEIO A DOR EXISTE UM DEUS QUE SE MANIFESTA DIANTE DELES. É PRECISO DESDE JÁ AMAR OS PEQUENINOS SÃO ADULTOS EM SUA MAIORIA, MAIS INOCENTES E DESPROTEGIDOS COMO CRIANÇAS.

Blog Católico do Leniéverson disse...

É isso, concordo plenamente.Obrigado e colabore sempre.

Anônimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra commander
http://commanderviagragenerique.net/ viagra generique
http://viagracomprargenericoespana.net/ comprar viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra acquistare

Blog Católico do Leniéverson disse...

Tem até vendedor de viagra. Ó tempore!Ó mores!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.